quinta-feira, 16 de março de 2017


Alegria, de novo - Salmo 51

“Torna a dar-me a alegria da salvação.” Salmo 51.12


Todos nós temos momentos escuros em nossa vida. Tempos de sofrimento, solidão, pecado, culpa, remorso ou enfermidades. Esses momentos escuros vem para tirar nossa alegria, pois nossa alegria pode ser perdida. Então, precisamos ter nossa alegria de volta, alegria de novo.



Mas, é bom esclarecer que Alegria não é Felicidade. Se as coisas estão indo bem, declaramos que somos felizes, pois nossa Felicidade depende do mundo que nos cerca ou das pessoas que estão a nossa volta. A Felicidade, no fundo, está ligada ao Prazer, seja prazer físico ou psicológico.

Já a Aelgria é um estado de espírito. Somente os seres humanos sentem Alegria. Alegria é Entusiasmo e depende da nossa aproximação com o Espírito Santo de DEUS. O grande líder do povo de DEUS, Neemias, declara que “a Alegria DO SENHOR é a vossa força.” Neemias 8.10. ALEGRIA DO SENHOR.

O contrario de Entusiasmo é Indiferenca. Há muita gente dentro de nossas igrejas absolutamente indiferente à obra do Senhor. Não participam, não louvam, não contribuem. Perderam o Entusiasmo, a Alegria, e vivem tempos de indiferença, de frieza espiritual. Não levam a mensagem de salvação de nosso Senhor Jesus Cristo. Vivem indiferentes a tudo e a todos. PERDERAM O ENTUSIASMO, A ALEGRIA.

No final do ano de 2006, um grande maremoto nas costas da Indonésia causou um pavoroso “tsunami” que devastou aldeias e cidades inteiras, levando morte e destruição. Naquele mesmo dia, 26 de dezembro, um casal de mergulhadores havia deixado seu barco na superficie e descia até as profundezas oceanicas. Quando retornaram à superficie puderam constatar a tragédia que se abatera sobre as populações das cidades. Eles, todavia, estiveram a salvo porque estavam mergulhados nas profundezas do oceano.

Assim, também, com aqueles que mergulham na intimidade do nosso DEUS. Podem sentir tremores, terremotos ou tsunamis em suas vidas, mas isso não causará destriuição neles, em suas famílias ou em seus casamentos porque estão mergulhados na profunda intimidade com o Senhor.
Salmo 25.14 diz: “A intimidade do Senhor é para aqueles que O buscam; a esses o Senhor dará a conhecer os seus propósitos.”

Se você, amada ou amado, perdeu a sua Alegria, seu Entusiasmo, saia da Indiferença e mergulhe fundo na Presença Gloriosa do nosso DEUS.

Largue tudo que você está fazendo agora e clame ao Senhor: “eu quero a minha Alegria, de novo, Senhor…”

Marcel RMSS

quarta-feira, 8 de março de 2017

Feliz dia Internacional da Mulher



Todo ser humano veio de uma mulher. Independente de raça, crença, cultura, valores, tempo ou local: todos viemos delas. Esta realidade já constitui um ensejo para que sejam homenageadas todos os dias. Devemos, literalmente, nossas vidas a elas.

Talvez, a humanidade tenha se esquecido da importância das mulheres em nossas vidas. Por isso, para não deixar que este valor universal se enfraqueça, foi instituído o Dia Internacional da Mulher, celebrado no dia 8 de Março de cada ano.

A Bíblia sempre deu grande importância à mulher. Enquanto o primeiro homem recebe o nome de “Terroso” (‘adam, em hebraico, que vem de ‘adamah, “terra”), a mulher recebe o nome de “Doadora da Vida” (Havah). A essência do homem é “vir da terra”, da mulher é “doar vida”.

É por esta razão que a Igreja é representada pela figura da mulher, pois, além de ser a “Noiva de Cristo”, também é “doadora de vida”. Toda a obra de Cristo consiste em resgatar sua Noiva, a Igreja. No fundo, é uma bela história de amor, uma luta para resgatar a mulher amada.

Por isso, aproveitando as comemorações do Dia Internacional da Mulher, parabenizamos todas as mulheres e queremos convidar para HOJE as 20h adorar ao Senhor no Culto Carismático.

Deus as abençoe, até mais tarde!

Ele é nosso Pastor - Salmos 23

     "O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará. Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas. Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome. Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam. Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda. Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias." Salmos 23
Ao longo dos séculos, nenhum outro texto bíblico tem proporcionado tranqüilidade, coragem, ânimo e esperança a tantas pessoas quanto o Salmo 23. Suas palavras são as mais conhecidas e amadas dos livros do Antigo Testamento.
Infelizmente, porém, parte de sua importante mensagem muitos não percebem, pelas figuras nas quais  o homem moderno não está relacionado. Reflitamos: 

1. Deus [Senhor] é como um Pastor - As ovelhas são criaturas indefesas, não têm meios físicos para se defenderem de um animal feroz; por isso, o pastor fica constantemente alerta para protegê-las. E não tendo senso de direção, elas necessitam que o pastor caminhe à frente delas, chamando-as, ao movimentar-se o rebanho de um lugar para outro. É o pastor quem lhes provê água e pasto apropriado. Ele está sempre de plantão, atento ao bem-estar de seus animais, examinando-os freqüentemente para verificar se estão todos bem ou se há algum doente.

As vezes, ovelhas se separam do rebanho e não encontram o caminho do aprisco; também caem em covas, das quais não conseguem sair; ou deitam-se de costas, com as patas para cima, e, se estão muito gordas, não conseguem pôr-se de pé novamente. Nestes momentos o pastor as procura e salva, pois são presas fáceis. Gerando um laço forte de afeição e companheirismo entre ele e suas ovelhas.

Davi se compara a uma ovelha de Deus, porque, sem dúvida, este é para elas o que Deus é para Seus filhos - protetor, guia, provedor, médico, salvador e amigo.

2. Deus é o meu pastor. Afirmar "o Senhor é o meu pastor" revela que, além de saber que Deus cuida de Suas criaturas como um pastor faz com suas ovelhas, Davi sabia que desfrutava pessoalmente do cuidado de Deus. Ele conhecia a Deus experimentalmente, e estava consciente de que o Criador Se interessava individualmente por sua pessoa.

Lamentavelmente, porém, na atualidade, embora muitos conheçam "o salmo do pastor", a grande maioria desconhece o Pastor do salmo! Contudo, hoje, como naquele tempo, todos nós temos esse privilégio à nossa disposição. Lembro-me do Salmos 34:8, também de Davi: "Oh! provai, e vede que o Senhor é bom; bem-aventurado o homem que nEle se refugia." Salmo 34:8.

3. Deus é tudo que eu preciso. Ao dizer "o Senhor é o meu pastor: nada me faltará", Davi também expressava sua convicção de que unicamente Deus pode proporcionar o que o ser humano necessita para ser feliz:, e que sem Ele nada consegue. E como se Davi estivesse dizendo:

Sou indefeso, mas Ele me protege!
Não enxergo, mas Ele me guia!
Sou pobre, mas Ele me sustenta!
Sou doente, mas Ele me cura!
Estou perdido, mas Ele me guia!
Sou imperfeito, mas Ele me ama.

Conta-se a história que um pregador no inicio da homilia perguntou se havia alguém que pudesse recitar o Salmo 23. Levantou-se uma criança, por volta dos quatro anos. Ela foi a frente de todos segurou o microfone, olhou timidamente para o chão e disse: "O Senhor é o meu pastor e... e... e... eu não quero mais nada!" Correu e sentou-se junto a seus pais, envergonhada, porque pensava ter fracassado. Mas, o pregador a elogiou, pois ela havia dito TUDO! Suas palavras resumiram completamente o que há no salmo.

Deus Age Como um Pastor
Do segundo ao quarto versículo, Davi fala daquilo que Deus, como um pastor de ovelhas, faz por aqueles que O procuram, reconhecendo necessitarem dEle. Vs. Leva-nos ao descanso. "Ele me faz repousar em pastos verdejantes. Leva-me para junto de águas tranquilas; refrigera-me a alma."

As ovelhas se recusam a repousar quando estão com fome ou sede. Só há uma maneira de fazer com que elas se deitem e repousem: dando-lhes alimento e água. É assim que Deus faz conosco. Primeiro Ele nos faz descansar, alimentando-nos e dessedentando-nos com o Pão e a Água da Vida - Jesus Cristo. NEle temos descanso. Por isso Ele nos convida: "Vinde a Mim todos os que estais cansados e sobrecarregados, e Eu vos aliviarei.... Achareis descanso para vossas almas." 5. Mat. 11:28 e 29.

2. Conduz-nos à justiça. "Guia-me pelas veredas da justiça por amor do Seu nome."
Há grande diferença entre descansar para recuperar a forças e estar preguiçosamente inativo. O verdadeiro repouso tem o propósito de preparar a pessoas para realizar mais esforços. O descanso visa revivificar e revigorar. O pastor faz suas ovelhas repousarem a fim de melhor prepará-las para a desgastantes atividades do caminho. Através de Jesus Cristo, Deus nos leva para além do descanso. 

3. Encoraja-nos e nos consola. "Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal nenhum, porque Tu estás comigo; a Tua vara e o Teu cajado me consolam."
Fiéis e infiéis, todos passamos pelo "vale da sombra da morte", que representa as dificuldades presentes na vida das pessoas. Existem, porém, algumas distinções.

As ovelhas do Senhor atravessam o vale corajosamente. Elas não temem perigo algum, nem mesmo a morte, porque sabem que não estão sozinhas. Aquele que nos leva ao descanso e nos guia à justiça, não nos abandona na hora da provação. E a certeza de Sua companhia nos consola.

Deus Age Como um Hospedeiro
1. Fortalece-nos e nos defende. "Preparas-me uma mesa na presença de meus adversários."
Certamente, em várias ocasiões, enquanto Davi estava sendo alimentado e cuidado em casa de amigos, o ímpio rei Saul o procurava perto dali para o matar. Contudo, nada lhe podia fazer. Porque os amigos de Davi o ocultavam e até lutariam em defesa dele, caso fosse necessário. Isso deixava Saul furioso.
Quando vamos a Deus, o mesmo acontece conosco. Encontramos refúgio, e Satanás, nosso grande inimigo, não nos pode fazer nenhum mal. O Senhor nos fortalece, por meio de Jesus Cristo, e nos defende dos ataques do diabo.

2. Capacita-nos. "Unges-me a cabeça com óleo."
A unção era uma honra concedida aos convidados especiais num banquete oriental, Derramava-se na cabeça, era utilizado também utilizada nas cerimônias de ordenação sacerdotal e profética, e também nas coroações reais.
Como o óleo ou azeite é na Bíblia um dos símbolos usados para representar o Espírito Santo, acreditamos que Davi estava se referindo à capacitação espiritual que nos é dada, através da atuação desse Agente divino em nossa mente, para deixarmos a escravizante prática de atos contrários à vontade de Deus e passarmos a viver de acordo com ela.

3. Abençoa-nos abundantemente. "O meu cálice transborda." Aqui Davi fala da medida de gozo, alegria, satisfação e felicidade provenientes do Senhor. Deus nos concede bênçãos em tão grande quantidade que transbordamos!

4. Trata-nos bondosamente. "Bondade e misericórdia certamente me seguirão todos os dias de minha vida."
A bondade divina sempre suprirá nossas necessidades e Sua misericórdia sempre apagará nossas transgressões e falhas.

Não é somente para o começo da vida cristã que precisamos ou temos à nossa disposição a misericórdia de Deus. Inúmeras vezes, depois do dia inesquecível em que nos decidimos por Cristo, podemos e necessitamos utilizá-la.

Davi encerra seu cântico, afirmando com convicção: "Habitarei na casa do Senhor para sempre.

Estas palavras nos revelam o profundo relacionamento que Deus deseja ter conosco, a ponto de habitar na sua casa! O desejo de Davi de estar sempre na presença do Senhor, envolvido com Ele a cada momento do dia era sacrifício. Abrir mão do palácio, banquetes, guerras... Somos privilégiados! Hoje o Espírito de Deus habita em nós, somos sua morada, sua habitação, seu templo... Agora não depende mais de prédio, da situação geológica ou física, mas de vontade!

Se você desejar, se você permitir... Ele será O Bom Pastor... e você não precisará de mais nada!
"Como o pastor vai adiante das ovelhas, enfrentando primeiro o perigo do caminho, assim faz Jesus com Seu povo. 'E, quando tira para fora as Suas ovelhas, vai adiante delas.' João 10:4.

Mc. Marcel RMSS

segunda-feira, 6 de março de 2017

COMO SER UMA BÊNÇÃO?

“Não vos lembreis das coisas passadas, nem considereis as antigas. Eis que farei uma coisa nova, e agora sairá à luz; porventura não a sabereis? Porei um caminho no ermo, e rios no deserto.”- Isaías 43:18,19


Certo é deixar as coisas resolvidas do passado para trás. Errado é deixar problemas ou situações mal resolvidas que servem de impedimento para uma vida de crescimento sadio e cheia da presença de Deus. O velho rouba o lugar do novo. Os pecados impedem a vida que abre caminhos no ermo e rios no deserto. “Portanto nós também, que estamos rodeados de uma tão grande nuvem de testemunhas, deixemos todo embaraço e o pecado, que tão de perto nos rodeia, e corramos com paciência a carreira que nos está proposta.” Hebreus 12:1

Nossa fé deve ser ativa e cheia de frutos e para isso, temos que estar sempre inseridos como ramos na videira, que é o nosso Senhor Jesus Cristo. Permanecer em Cristo não é ter uns encontros esporádicos ou raros, mas diariamente estar em íntimo convívio, cheios de gratidão por tudo e em completa confiança e amor por Ele. Somos muitas vezes distraídos por preocupações ou cuidados e sofrimentos por antecipação e nos esquecemos dessas poderosas promessas de Deus. Ele tem um plano vitorioso e sem perceber vivemos somente na expectativa e não na realidade das verdades bíblicas para o dia chamado hoje. Mesmo que recebamos profecias diversas, devemos nos atentar para o seu cumprimento e para onde o Espírito Santo nos impele com Seu sopro. Não nos esqueçamos de que somos chamados para sermos bênção para levar a vida de Deus por onde quer que andemos. O mundo está sedento da verdadeira água que sacia e o verdadeiro sentido de vida e que lhe mostre o caminho por onde andar. Apontar para Jesus Cristo, o caminho, a verdade e a vida, isso sim é ser uma bênção. Soluções paliativas o mundo com seu avanço tecnológico até poder oferecer, mas do que todos necessitam é o amor de Deus que traz o motivo de viver. Vamos ativar a nossa fé, fazer obras que comprovem o amor incondicional de Deus e brilhar a luz da glória de Deus! Que as nossas orações intercessórias produzam mudanças nas pessoas e neste mundo; que impeçamos tudo que se levanta contra os princípios e valores do reino celestial. Levantemos a Cristo e muitos se atrairão a Ele!

Dra. Sarah Hayashi





Na ultima quarta-feira (1 de março) iniciamos nossa campanha da quaresma. Serão 40 dias com os Salmos da Sagrada Escritura, 40 dias de teologia poética, de encontro com a rica tradição judaico/cristã. juntos encontraremos Verdade, Beleza, Lamento, Entrega, Sentido.
Durante quase dois mil anos, os Salmos foram centrais para a devoção da igreja cristã, ensinando os fiéis a orar, em resposta ao Deus que se revela, uma confissão e glorificação ao Deus trino, criador, redentor e restaurador.

Deste modo, quando abraçamos Salmos, juntamo-nos a um amplo grupo de pessoas que por quase trinta séculos tem baseado seus louvores e orações nessas palavras antigas.
Reis e camponeses, profetas e sacerdotes, apóstolos e mártires, monges e reformadores, executivos e donas de casa, professores e cantores populares... Salmos tem sido vida e respiração espiritual para todos.

Nesta quaresma iremos nos aprofundar nos Salmos durante 40 dias, venha acompanhar essa série conosco.
- Todos os domingos e quartas teremos sermões a partir dos Salmos.
- Todos os dias postaremos o salmo nas Redes Sociais (Facebook, Instagram e Twitter) aqui na pagina.
- Postaremos eventualmente refelexões que nos auxiliam a aproximar-se mais de Deus
.

Fique atento e Participe!

Igreja Episcopal Carismática do Brasil • Paróquia Betesda

Rua Catulo da Paixão Cearense, Nº 350, Jardim Atlântico, Olinda - PE
paroquiabetesda@gmail.com